Perguntas e respostas sobre asma, rinite e outras doenças respiratórias

Bronquite ou bronquite asmática são nomes incorretos para esta doença. Muitas pessoas têm medo da palavra asma porém não há motivos para isso. A asma é extremamente freqüente em todo o mundo e com aconselhamento médico e o tratamento necessário pode-se levar uma vida totalmente normal.

Não. Asma não é a única doença que causa crises de chiado no peito. Infecções virais, refluxo gastro-esofágico, pneumonias atípicas são apenas alguns exemplos de causas destas crises. Para o diagnóstico de asma é essencial o acompanhamento clínico com o pediatra.

Claro que é possível. A criança com a asma controlada pode estudar, brincar, fazer esportes como qualquer outra.

O diagnóstico da asma é feito com base na história clínica e nenhum exame mostra se a criança é ou não asmática. Alguns exames podem ser sim necessários para ajudar na diferenciação com outros problemas ou para determinar melhor certas características da criança ou até para ajudar na avaliação da gravidade da asma.

Existem muitas lendas a respeito do tratamento para asma. As medicações utilizadas ambulatorialmente são eficazes, seguras, não viciam, não causam dependência e não fazem mal ao coração. Muito cuidado com o que se ouve por aí, confie na palavra do seu médico.

A prática esportiva é ótima para todas as crianças. Crianças com asma podem e devem praticar esportes, por isso é fundamental controlar a doença para evitar crises desencadeadas por exercícios.

Existem diversas doenças que podem provocar tosse noturna. Asma é uma delas e inclusive tosse noturna pode sua única manifestação.

Nem toda criança asmática é alérgica embora a associação entre asma e alergia seja muito comum.

O tratamento da asma não é só medicamentoso. É fundamental por exemplo que se tomem medidas ambientais como fazer limpeza da casa com pano úmido, evitar cortinas, tapetes, carpetes, bichos de pelúcia, cigarro, trocar roupas de cama com freqüência entre outras medidas.

Experimente sentir o odor de suas roupas após fumar um cigarro. Você perceberá que o fumo é prejudicial para seu filho mesmo que você fume fora de casa, tenha ele asma ou não.

Asma e rinite alérgica freqüentemente aparecem juntas e é importante que ambas estejam controladas pois uma rinite descompensada pode contribuir para o descontrole da asma e vice-versa. Mas é importante lembrar: nem todo mundo que tem rinite tem asma e nem todo asmático tem rinite.

Sim, existem medicações efetivas e seguras para seu controle, mas lembre-se, é fundamental a higiene do ambiente físico da criança evitando acúmulo de poeira, umidade, cortinas, tapetes, carpetes, bichos de pelúcia, cigarro, fazendo limpeza da casa com pano úmido entre outras medidas.